quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

INSPIRAÇÃO DIVINA

"Que medo alegre, o de te esperar." - Clarice Lispector

Numa noite destas fiquei rolando pra lá e pra cá na cama. Simplesmente o sono sumiu, fiquei em estado de alerta mental - embora meus olhos estivessem cerrados - foi como se meu corpo estivesse plugado à uma bateria e por mais que quisesse me desligar teria que esperar o tempo certo para a energia descarregar.
Daí comecei a divagar: trabalhei, conversei com minha família, fiz planos para o futuro, me imaginei bem mais velha, visitei amigos, questionei as coisas do mundo terreno e espiritual ... E nada de conseguir dormir!
Em minha teoria os homens geralmente perdem o sono quando se veem impotentes literal ou figurativamente, quando estão sem dinheiro e sem crédito na praça, quando amam uma mulher e temem que ela lhes enfeitem a testa (a possibilidade de ser corno tira o sono de qualquer homem). Viu como os homens tendem a ser  simples? - Falta de dinheiro, impotência sexual e mulher vaca (já que o parceiro da vaca é de fato um boi) são as três principais causas da insônia que lhes acomete.
Lamentavelmente comecei a imaginar as inúmeras mulheres que levam uma vida tão agitada quanto a minha e que vez em quando se pegam numa situação como esta a qual me vi. Quantas mulheres que - como eu - tomam importantes decisões como se estivessem decidindo se o café será "com adoçante ou açucar, senhora?". Mulheres que cuidam da casa, educam os filhos (ou quando não os têm, programam-se para tê-los), são esteio da família, trabalham, estudam, e ainda lidam com suas intuições e desejos intimos e secretos. Além de tudo, como se não bastassem as lutas diárias, perdemo-nos numa sensação estranha - porém muito conhecida - de desassossego.
Por que será, meu Deus, que nós temos esta ânsia de "algo mais"? Este desejo de "ir além"? Este interminável questionamento de como fazer para "estar e ser melhor"? Para que este tormento de querer aplicar kaizen (metodologia específica, que promove a eficácia e o melhoramento contínuo) nas coisas da alma? É como se - incansáveis - buscassemos respostas concretas para perguntas abstratas.
Percebi que normalmente somos tiradas deste estado aflitivo de espírito através de INSPIRAÇÃO DIVINA, da ligação de nossa consciência com Deus. É natural que nós tenhamos insights para compreender as causas destes desassossegos d'alma, mas esta correria alucinante e diária nos tira do foco e nos enevoa a visão. Foi por isto (por exemplo) que eu tive insônia, para que me voltasse para meu "eu interior" e conversasse com Deus sobre minhas reais necessidades...
Há momentos em que pedimos ao bondoso Pai: senhor quero um novo amor, quero um novo emprego, quero ser feliz. A partir disso começamos a definir como deverá ser este amor, este emprego e a montar um modelo de felicidade; que grande tolice. Falamos tanto, agimos tanto que esquecemos de calar e ouvir, párar e deixar Deus agir. Talvez eu tenha perdido o sono por "vingança" dos anjos por eu tirar-lhes tanto a paz com meus manifestos e solicitações...
Contudo, posso testemunhar o seguinte: ocorrem verdadeiros milagres em minha vida quando aquieto meu coração e espero confiante a "Inspiração Divina".
Se você corre demais, se atormenta demais, anseia demais, quer ter tudo sob controle: desejo-lhe uma noite de insônia! kkkkk.....

"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento." - Clarice Lispector

Imagem: julieinversos.zip.net/images/insonia_imag.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário