quarta-feira, 24 de agosto de 2011

TABUS - TEORIA X PRÁTICA


FIDELIDADE CONJUGAL
Teoria: é imoral sair com homem comprometido, caso seja casado é pecado mortal...Devemos contribuir para que haja harmonia nos núcleos familiares, aquele cônjuge que não honrar o outro será punido por sí mesmo - porque sua consciência pesará bem mais que o chifre de sua vítima.
Prática: imoral é assumir a safadeza diantes dos outros, caso ninguém saiba "por que não sair?"; tesão se mede com o latejar do clítoris e o umedecer da vulva - o resto é balela... Quem nunca sentiu atração física por alguém comprometido? A fruta do pomar alheio é mais saborosa e desperta desejos mirabolantes.


AMOR
Teoria: só se ama uma vez na vida!
Prática: só se ama uma vez na vida, mas até descobrir a quem realmente amamos haja disposição. É gente que passa de mão em mão, gente que fica anos esperando, gente dadivosa que na dúvida ama toda a humanidade... Há aqueles que amam pastel; amam a cor rosa, amam carro, amam novela, amam livros, amam música e GOSTAM de seu companheiro.


SEXO
T: sexo, até quando é ruim - é bom!
P: FDP brocha! Faz propaganda, me deixa toda assanhada e dá um vacilo deste... Sexo deste tipo não preciso não, antes uma boa masturbação e um filme na televisão... Pra rimar?! Não pra não surtar! Imbecil, lambesal! Cornudoooo!!!


INTELIGÊNCIA
T: inteligência é afrodisiaco!
P: inteligência é afrodisiaco, mas só  a inteligência sem o bom humor, sem o respeito para com o turno vocacional do outro e sem poesia... Ah, que tédio!!!


AMIZADE
T: amigo é aquele que sempre diz a verdade, ainda que a verdade doa.
P: amigo as vezes omite coisas para não nos entristecer, amigo não apóia todas as bobagens que fazemos - mas ele nos alerta e nos ampara nos momentos difíceis. Amigo não perde tempo nos jogando na cara verdades que (ele sabe) que não estamos prontos para encarar. Ele sabe das nossas falhas, mesmo assim nos ama.


DOR
T: a dor nos leva à Deus!
P: a dor nos leva ao hospital! A dor nos faz ficar mal humorados, nos faz reclamar, nos faz tomar remédio sem receita... A dor nos faz rezar e pedir auxilio a Deus; mas se demorar a passar - a dor - pode nos fazer ficar tremendamente revoltados...


TRABALHO
T: o trabalho enobrece o homem!
P: ele enobrece o homem, a mulher, os filhos, enfim à casa toda... Mas aquele que só pensa em trabalho pode perder a mulher, os filhos e ficar sem casa. É preciso manter a boa qualidade de vida familiar e, ainda por cima, comparecer às festas do colégio e da casa da sogra, bancar as viagens, os tratamentos estéticos, as compras no shopping, lembrar de colocar gasolina e fazer manutenção nos carros... Enfim, lembrar de que tudo isso ficaria ainda melhor se acompanhado de um sorriso meigo e uma jóia da vivara.


SENSIBILIDADE
T: é preciso sensibilidade para compreender a alma feminina.
P: homem sensível demais é viado.


DOMINAÇÃO (CONCEITO FEMININO)
T: quero um homem que tenha firmeza de cárater, que tenha opinião própria, que me proteja, que banque as contas da casa, que me faça companhia, que aceite meus amigos...
P: o filhinho da mamãe só faz o que ela quer, lá em casa sou eu quem decide, não preciso de ninguém me dizendo como devo agir ou onde devo ir, sou independente e posso pagar minhas próprias contas, aquele mala não me deixa fazer nada sozinha, ele não tem ciúmes de mim - acho que não me ama....


DOMINAÇÃO (CONCEITO MASCULINO)
T: para casar quero uma mulher bonita, gostosa, educada, companheira, boa mãe, que gaste pouco e seja órfã de mãe.
 P: depois de casar quero uma mulher bonita e gostosa, troco todas as outras qualidades por uma dose de wisque e uma cerveja gelada... Ah, caso minha mulher ligue, estou em reunião!


Nenhum comentário:

Postar um comentário