quinta-feira, 7 de março de 2013

MUDANÇAS ACONTECEM RÁPIDO

A palavra mudança, que significa “muda que dança, muda como sendo pequenina planta originada da gestação duma semente...e dança, ou seja, balanço ao som duma música ou mesmo ao bel sabor dum sopro, do vento” – (só Jesus na minha causa!).

Esta palavra de três sílabas (eis algo que realmente faz sentido, o número três!) que balança, remexe, tira do lugar, des-eixando (palavra nova: tirando do pseudo-equilíbrio) a alma d'alguns inflexíveis que habitam este lindo planeta.

Quantas vezes se ouviu falar ao longo desta existência, a seguinte frase: "não gosto de mudanças". E quantas vezes esta frase assolou à todos, criando vida, chegando e repaginando tudo ao derredor sem mais quaz-quaz-quaz...

Isto posto, não tenho queixas não senhor, não senhora não tenho queixas. Os queixumes atrapalham o bom (ao princípio, não tão bom) andamento da tal mu...(sabe o que!). Reluto em aceitá-la, sim, como reluto em dar-lhe nome, porém nada mudará (droga, nada alterará) o fato: mudanças acontecem rápido! Senão, vejamos.

Os ciclos: primavera, verão, outono, inverno; minguante, nova, crescente, cheia; embriogenese, desenvolvimento fetal, nascimento; nascer, crescer, reproduzir, morrer; semente, água, algodão, pé-de-feijão... Mudanças são de suma importância para a manifestação da vida dentro e fora de nós!

Então, "cargas d'água", porque esta dança sob o efeito do magnetismo humano (música) ou, ainda, sob o efeito do magnetismo do universo (o sopro divino), repito - porque esta dança vital é tão angustiante para muitos de nós?

Tive que rezar para voltar um tantinho ao meu pseudo-estado-de- equilíbrio e, finalmente, dona de algum bom senso, agradecer a DEUS por estas oportunidades que tenho tido. Conversei com meu     amado mestre e meus espetaculares intercessores, falei o seguinte: "agradeço por isto, isto, aquilo, aquilo outro e mais um tanto de coisas Senhor; depois de manifestar gratidão deu vergonha de pedir, mas superei e disse - Senhor estou totalmente perdida, não sou mais dona de mim, não sou mais dona do discernimento e da clareza, tenho estado como uma folha seca exposta ao vento sem tréguas, Meu Senhor me sinto perdida e minha bússola interior me aponta inúmeros caminhos e por nenhum deles decidi trilhar... Sendo assim, decido, Senhor: seguirei teus desígnios, onde quiseres que eu vá - irei, se o melhor for que eu fique - permanecerei, se eu tiver outras jornadas diferentes destas que vejo no horizonte - que eu as enxergue, devolvo a ti Senhor (sem me acovardar ou retroceder) o mapa racional de minha jornada e, sem medo, entrego a ti minha emoção, entrego a ti minhas lágrimas, entrego minhas dúvidas, por favor (por favor, imploro) transforma minha mente em terreno frutífero! Que eu possa trabalhar onde quer que Tu me queiras trabalhando, que a minha família seja aquela que Tu queiras que eu tenha, que minha luz brilhe e ilumine àqueles que dela precisarem. Senhor, abranda o turbilhão que se fez presente em mim e aclara minha mente, potencializa minhas energias positivas e sensibiliza meus ouvidos d'alma para que eu possa compreender tua mensagem através da minha intuição. Confio em Ti Senhor! Desculpe-me por vacilar! Muito obrigada por me amar!".

- Aconteceu que mudei o meu padrão vibratório! Deixei aos cuidados de Deus as mudanças que me são necessárias nesta encarnação e, com toda minha fé, me comprometi a TRABALHAR, a fazer minha parte INDEPENDENTE da atitude do outro, me comprometi a ACEITAR o que eu não posso mudar.

www.disneymania.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário