domingo, 28 de julho de 2013

POR VOCÊ EU VIM!

Há quantas caminha a humanidade em mim? Qual a profundidade de suas raizes em mim? Que tanto de raízes posso arrancar destes sentimentos sem comprometer os melhores frutos de minha existência atual?

Preciso mesmo de uma terapeuta para compreender o que é  inútil e ineficaz? Quantas vezes já disse estar cansada e, mesmo assim, não me permiti parada para refazimento? De que tanto de paz se refaz um sonho? Quantas histórias diferentes podemos vivenciar dentro da nossa?

O melhor amor é o que passou ou o que ainda poderá surgir? Quantas pessoas acreditamos nos dever obediência e gratidão? E se fossemos nós os devedores? É pobre a ilusão? É rico o perdão?

Preciso realmente me impor estes limites? Por que as fronteiras mudam de lugar quando sinto vontade de ir além? De quantas faces se formam meu reflexo? Toda forma de ver é congruência da realidade? A verossimilhança é mais plausível que a própria verdade? 

Em que país mora o menor homem do mundo? Quantos lápis de cor eu tive quando criança? Gostei de um menino com nome esquisito? Por que mulheres estrábicas me parecem sexy ? 

Quanto tempo falta para voltar a sentir aquele velho abraço? As luvas tomam sempre as medidas das mãos que as vestem? Por que sinto que não caibo em mim, como se minha pele não comportasse o tamanho do meu Espírito? 


Por que eu vim?

lindaciganadooriente.blogspot.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário