quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

TEMPO BUFÃO

O tempo me engoliu! Ocupada em viver, passam os dias, passam os meses e, chega o natal, vem o final do ano e, novamente o carnaval.
Daí, continuam vindo os cabelos brancos, os sinais de expressão, aliás, nada que uma tinta e um bom protetor solar não ajudem a amenizar.
São poucos os problemas, desde que eu mesma não os queira colocar na mente!
Bons amigos, família em paz, coração aquecido, mente ocupada, um bom direcionamento espiritual, comida farta...
Saudade danada de estar com meus e minhas amadas! Tempo curto, grana contada, saúde sim - até onde é possível, e uma vontade danada de ir a praia.
Fora isso, tudo conforme o programado, mesmo porque não sei a quem ou a que recorrer caso queira reclamar! O jeito é seguir, seguir como se tivesse o controle sobre minha própria vida, sabendo - evidentemente - que não tenho o controle sobre o meu viver, mas posso escolher - por exemplo - que musica tocar no meu aparelho de dvd.
... Posso tantas coisas, e de tantos modos, e corro tanto, e penso tanto, que ele - o tal tempo que me engoliu - este fanfarrão, anda rosetando em mim. Eu deixo, afinal, também me divirto bastante ao senti-lo me digerir!!! Ultimamente, coitado do velho, anda meio flatulento!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário